N. Sra do Divino Pranto

n-sra-divino-prantoTudo aconteceu na Itália no ano de 1924, num pequenino lugar chamado Cernusco. Foi ali, que a Mãe de Jesus visitou uma jovem religiosa Marcelina.

Irmã Elizabeth era muito jovem e tinha apenas 27 anos. Estava gravemente enferma e a doença a deixou cega, debilitada e com fortes dores que a tornam cada vez mais fraca. Não esperava mais nada nesta vida a não ser a morte. A medicina não tinha mais recursos e nenhuma esperança poderia ser dada a ela.

Era o dia 6 de janeiro de 1924, às dez e trinta da noite, em meio ao silêncio profundo, Irmã Elizabeth começa a falar e deixa as outras irmãs surpresas.

"Oh! Como a senhora é boa! Mas eu tenho uma dor tão grande que nem sei oferecer a Deus... reze por mim!" Então a bela senhora lhe diz: "REZA! CONFIA! ESPERA! Voltarei de 22 para 23 de fevereiro." Depois de sorrir, desapareceu.

Irmã Elizabeth não sabia quem era aquela senhora e todos pensavam que estava sonhando. Ela, no entanto, continua tranquila em seu sofrimento mas sua saúde piora. Ela entra em coma e o médico diz que a qualquer momento ela poderá morrer.

O mês de fevereiro inicia e Irmã Elizabeth aguarda a bela senhora. Mas ela não chega no dia 2 para o dia 3. "Ela não veio... não veio... aquela boa senhora... disse que voltaria na noite de dois para três!" disse com profunda tristeza.

Os dias foram passando e a doença progredia rapidamente. A paralisia não lhe permitia mais engolir, falar ou movimentar-se. Não havia mais nada a fazer. Era o dia 22 de fevereiro... cai a noite e as enfermeiras velam pela agonizante e rezam. Neste momento, Irmã Elizabeth tem um sobressalto e as Irmãs pensam que é o fim. "Oh! A senhora! A senhora!" diz Irmã Elizabeth, sentada na cama, mãos postas, olhar fixo num determinado ponto e com o rosto erguido. "De 22 para 23? Eu havia entendido de 2 para 3". Um pouco depois, cheia de espanto diz: "Mas, senhora.... é... Nossa Senhora!!! É Nossa Senhora!!! Nossa Senhora com um menino!" Somente neste momento, Irmã Elizabeth reconhece que aquela boa senhora era a Mãe de Jesus. "Mas, por que chora o seu menino? Nossa Senhora estava com Jesus nos braços e, ternamente, lhe responde:"O Menino chora porque não é BASTANTE AMADO, PROCURADO, DESEJADO também pelas pessoas que lhe são consagradas... tu deves dizer isto!".

Então Irmã Elizabeth disse: "Mas eu sou tão pequena, a última de todas, não sei nada, nem sei mais falar, quem me acreditará? Dê-me um sinal então". Neste momento a Virgem sorri, carinhosamente, inclina-se um pouco e diz: "Devolvo-te a saúde". E desapareceu com seu Menino.

Ir. Elizabeth ficou totalmente curada e viveu mais 60 anos, anunciando a mensagem de Maria. Seu olhar meigo, profundo, luminoso, era o olhar de quem já viu o céu! No dia 15 de abril de 1984 ela se encontrou para sempre com a linda Senhora. Esta linda senhora recebeu o titulo de Nossa Senhora do Divino Pranto.

Invoquemos sempre a Mãe de Deus, com coração de filhos e ela sempre nos levará a Jesus para que seja mais AMADO, PROCURADO E DESEJADO!

Curtir isso: