Ações Sociais / Projetos

Representam ferramentas de gestão que funcionam como um instrumento de auto-avaliação para o desenvolvimento de práticas que promovam a transformação social e ambiental. São eles:

Valores, Transparência e Governança

A Rede Marcelina norteia sua conduta em valores e princípios éticos que fundamentam sua missão social. A adoção de uma postura clara e transparente no que diz respeito aos objetivos e compromissos éticos da instituição fortalece a legitimidade social de suas atividades, refletindo-se positivamente no conjunto de suas relações.

Público Interno

A Rede Marcelina além de respeitar os direitos dos trabalhadores, consolidados na legislação trabalhista, investe no desenvolvimento pessoal e profissional de seus empregados, bem como na melhoria das condições de trabalho e no estreitamento de suas relações com os mesmos.

Meio Ambiente

A Rede Marcelina apoia e desenvolve campanhas, projetos e programas educativos voltados para seus empregados, para os alunos e para a comunidade, além de envolver-se em iniciativas de fortalecimento da educação ambiental no âmbito da sociedade como um todo.

Fornecedores

A Rede Marcelina envolve-se com seus fornecedores e parceiros, cumprindo os contratos estabelecidos, trabalhando pelo aprimoramento de suas relações de parceria e buscando transmitir os valores de seu código de conduta a todos os envolvidos.

Clientes

A Rede Marcelina investe permanentemente para a melhoria dos serviços que oferece procurando alinhar-se aos interesses dos alunos e de suas famílias de forma a satisfazer suas necessidades.

Comunidade

A Rede Marcelina compreendendo o seu papel de agente de melhorias sociais, empenha-se para oferecer educação e realizar a disseminação dos valores que fazem parte de sua política, proporcionando atendimento que traga benefícios para a comunidade.

Governo

A Rede Marcelina desenvolve programas de conscientização para a cidadania, assumindo o seu papel natural de formadora de cidadãos.

Voluntariado

A comunidade escolar é um campo privilegiado de formação e estímulo à cultura do voluntariado. Na escola, os alunos têm a oportunidade de desenvolver atitudes participativas, podendo exercer sua solidariedade e responsabilidade ao entrar em contato com questões de natureza social. Trata-se do espaço ideal para o despertar do espírito empreendedor, da criatividade e da liderança.

Utilizando o princípio básico de que todas as pessoas são solidárias e voluntárias em potencial, considerando o caso específico dos jovens, este é um campo ainda mais propício à participação porque a juventude é naturalmente desprendida e aberta ao novo. Além disso, o jovem está em uma fase da vida em que a atuação no voluntariado contribui decisivamente para a sua formação como cidadão consciente de seus deveres, direitos e responsabilidades.

Curtir isso: